Onde posso ser eu mesma.

Domingo, 24 de Agosto de 2008

Parece que foi ontem que partiste... mas afinal já passou um ano (faz no dia 26)... Cada vez tenho mais dificuldade em me lembrar da tua voz, do teu sorriso, da tua forma de caminhar, do teu rosto...

 

Há momentos em que (ainda) penso em ti: no meu aniversário,  na minha benção das pastas, quando terminei o curso, quando comecei a trabalhar, quando foi o Sudoeste (aquele a que nós iriamos pela primeira vez), lembro-me de ti quando as coisas que nós já tinhamos programadas estão a acontecer... mas tu não estás aqui para vive-las...

 

Lembro-me de ti quando o pessoal se junta, por vezes sinto a tua presença perto de nós, mas falta-me a tua gargalhada, a tua voz... 

 

Lembro-me de ti cada vez que viajo na A22 e passo pelo local onde perdeste a vida... custa-me passar ali e ver as marcas que ainda lá permanecem...

 

O Tiago já seguiu a sua vida, em parte com a minha ajuda, espero que compreendas... Ele precisa de alguém ao lado dele para atenuar a dor que sente por teres partido, mas tenho a certeza que nunca se esquece de ti...

 

Passou um ano amiga, aconteceu tanta coisa em que a tua falta se notou... notou-se e vai sempre notar-se, mesmo que ninguém o diga, mesmo que ninguém o demostre...

 

Até sempre Vanessa...

 

 

 

sinto-me: melancólica
música: Bon Jovi- Always
tags:
publicado por averdadeiraeu às 12:32
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

25
27
28
29
30

31


blogs SAPO


Universidade de Aveiro