Onde posso ser eu mesma.

Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

Tenho razão de sentir saudade,
tenho razão de te acusar.
Houve um pacto que rompeste
e sem te despedires foste embora.

Antecipaste a hora.
O teu ponteiro enlouqueceu, enlouquecendo as nossas horas...

O tempo passa,
a Saudade fica.
Daquele olhar amigo,
que sem saber como,perdi!
Jà nao tenho o teu ombro,
para poder descansar.
E até mesmo o teu rosto,
aos poucos,
o tempo teima em apagar, mas em vao!
Quero correr para ti,
mas o vento levou-te,
para onde,
eu nao sei...

Nunca te esquecerei!

(faz hoje 3 meses que partiste... mas estás sempre presente...)

sinto-me:
tags: ,
publicado por averdadeiraeu às 22:32
link do post | favorito

Nunca esquecerás, mas com o tempo a dor diminuirá...
Força amiga.
Beijinhos
Lulibel a 27 de Dezembro de 2007 às 19:03

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
27
28
29

30
31


subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro